Posted 1 Agosto 2014, Há 12 horas | 79.196 notas | reblog this post
(originally neuralista / via riskky)

Para que prometer se não vai cumprir ?

Posted 30 Julho 2014, Há 2 dias | 2.579 notas | reblog this post
(originally your-principe / via mundo-preto-e-brancoo)
Posted 30 Julho 2014, Há 2 dias | 711 notas | reblog this post
(originally tattoos-n-blondes / via redsnapper921)
Se eu ainda sinto algo por ele? Não. Ele destruiu tudo.
Marcello Henrique. (via sou-inseguro)
Posted 30 Julho 2014, Há 2 dias | 296 notas | reblog this post
(originally sou-inseguro / via sou-inseguro)
Posted 29 Julho 2014, Há 3 dias | 5.289 notas | reblog this post
(originally shoo-t / via tachapad4)
Por favor, não se apaixone por outro alguém.
Taylor Swift. (via requiz)
Posted 29 Julho 2014, Há 3 dias | 23.896 notas | reblog this post
(originally promisse / via infragilizada)
Posted 29 Julho 2014, Há 3 dias | 6.411 notas | reblog this post
(originally drunknight / via c--r--u--c--i--a--t--u--s)
Posted 29 Julho 2014, Há 3 dias | 13.944 notas | reblog this post
(originally killthendestroy / via tachapad4)
Posted 29 Julho 2014, Há 3 dias | 1.106 notas | reblog this post
(originally spidermaaan420 / via tachapad4)
“E de escolhas e de perdas é feita a nossa história. Não há nada que se possa fazer a não ser carregar por um tempo um peso sufocante de impotência: eu escolhi que aquele fosse o último abraço. Agora é outra que se perde em ombros tão largos, tomara que ela não se perca tanto ao ponto de um dia não enxergar o quanto aquele abraço é o lado bom da vida. Da vida que te desemprega mesmo depois de tantas noites em claro e de tantos beirutes indigestos. Da vida que te abre uma porta que você jura ser a certa mas quando resolve entrar descobre duas crianças brincando na sala e uma mulher esperando no quarto. Da vida que te confunde tanto que você quer se afastar de tudo para entendê-la de fora. Da vida que te humilha tanto que você quer se ajoelhar numa igreja.”
Just a girl
imperfect..
theme por affectingyou; com detalhes de decepcionar, abismopoetico e desesperancoso.